EMENTA

Um assunto que evitamos falar e que vem crescendo em silêncio
assustadoramente.
No Brasil acontecem em média mais de 1(um) suicídio por hora,
contabilizando 26(vinte e seis) suicídios por dia, num total de 9000
pessoas por ano. (BERLOTTE,2012).

Em uma comparação similar estamos falando de 1 (um) navio naufragando
por mês com 780 vítimas fatais e tudo isso sem nenhuma divulgação ou
prevenção.

O suicídio é multifatorial, ou seja, apresenta vários fatores que podem
ser causas econômicas, religiosas, sociais, ambientais, culturais,
psicológicas, psiquiátricas, etc.
Existe uma relação intrínseca entre transtornos psiquiátricos e
suicídio. Estima-se que 90% dos indivíduos que tentaram ou que cometeram
suicídio satisfaziam os critérios para transtornos psiquiátricos, tendo
até 60% deles desordem afetiva diagnosticável (WASSEMAN, 2001;
WASSERMAN: 2009 HENRIKSOON et al, 1993).

O Suicídio é um problema de saúde pública que pode e deve ser combatido.
Acreditamos que grande parte das pessoas que pensam, tentam ou comentem
suicídio poderiam escolher outra forma de solucionar os seus problemas,
porém não encontram-se em condições no momento de identificar isso
sozinhas.
Na maioria dos casos o suicídio não é uma decisão repentina, mas sim
algo planejado, a pessoa constrói um plano e pensa nessa possibilidade
ao longo de algum tempo.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

II JORNADA PERNAMBUCANA DE PREVENÇÃO E POSVENÇÃO DO SUICÍDIO

“ACOLHER SEMPRE PARA PREVENIR”

PROGRAMAÇÃO – 01 E 02 DE SETEMBRO – FAFIRE

SEXTA – FEIRA – 01 DE SETEMBRO

MANHÃ – OFICINAS

9h / 12h – Oficina 1 – Acolhendo o comportamento suicida no momento de crise – Lúcio Mário Silva (CRP – 06/120628) – Psicólogo Clínico, Psicanalista em formação pela SBPL, Especializando em Sexologia pela FMABC/SP, Coach, Palestrante, Diretor adjunto IPPEP, Atuante na Clínica da prevenção e posvenção do suicídio com adolescentes e adultos – Neuma Silva de Siqueira(CRP – 02/171703 ) – Psicóloga Clínica, Psicanalista, Psicopedagoga, Diretora adjunta IPPEP, Atuante na clínica da prevenção e posvenção do suicídio com adolescentes e adultos.

10h / 12h – Oficina 2 – Identificando e acolhendo gestantes com depressão gestacional e pós parto revenindo o suicídio – Willa Marques (CRP – 02/17764) – Psicóloga Perinatal, Especialista em Psicologia da Maternidade.

10h / 12h – Oficina 3 – Acolhimento a profissionais de saúde que atendem o comportamento suicida, através dos benefícios da biogenética. – Maria Auxiliadora Leite Falcão (CRM – 6092) – Médica psiquiatra, psicoterapeuta corporal, formação nacional e internacional em Biogenética e formação com supervisores reconhecida pelo IIBA, atende em consultório no Libertas Socializante.

9h 12h – Oficina 4 – Suicídio e educação: manejos possíveis no universo escolar – Eduardo Lucas Andrade (CRP – 04/42858) – Psicólogo Clínico, Psicanalista membro Fatias de Análise /MG, Diretor Científico e de Publicação do NEP/MT, autor do livro Psicanálise e Educação: Contribuições da Psicanálise à Pedagogia.

12h / 13h – Intervalo – Almoço

13h / 14:40 – Credenciamento

14:40 / 15h – Abertura – IPPEP – Lúcio Mário Silva (CRP – 06/120628) / Neuma Silva de Siqueira (CRP – 02/171703)

15h / 15:50 – Palestra – “Acolhendo a pessoa com comportamento suicida na perspectiva junguiana” – Anderson Santiago (CRP – 02/188788) – Psicólogo Clínico, Palestrante, Pós-graduando em psicologia Junguiana com enfoque na clínica (IDE), Desenvolvimento em estudos na área de psicologia analítica, pesquisador sobre espiritualidade/religiosidade na prática clínica, pesquisador sobre comportamento suicida e saúde mental.

15:50 / 16:30 – Palestra – “Meu filho tentou suicídio e agora, como acolher?” Martha Batista (CRP – 02/) Psicóloga Clínica e hospitalar, Neuropsicóloga, Palestrante, Colunista da Revista Virtual Psicologias do Brasil.

16:30 / 17:10 – Palestra – “Acolhimento do dependente químico com ideações suicidas” – Idimar Finco (CRP – 02/15706) – Psicólogo clínico, palestrante.

17:10 / 17:50 – Palestra – “Escutatória e acolhimento humano” – Eliene Rodrigues Soares – Coordenadora do CVV Recife.

17:50 / 18:40 – Intervalo – Coffe breack / coquetel

18:40 / 19:30 – Conferência – “A precariedade do sentido da vida na atualidade, em decorrência da ausência do acolhimento humano” – Prof. Marcus Túlio Caldas (CRM – 7816) – Doutorado em Psicologia pela Universidade de Deusto, Espanha. Graduação em Medicina Universidade Federal Fluminense (UFF). Docente Adjunto III nos cursos de Psicologia e Medicina (UNICAP). Orientador no Mestrado e Doutorado (UNICAP). Linha de Pesquisa: Psicologia Clínica das Instituições. Médico Psiquiatra, coordenador dos leitos integrais do Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP).

19:30 / 20:10 – Palestra “A ausência de acolhimento na terceira idade como fator desencadeante para a ideação suicida” – Eliane Silva (CRP – 02/18274) – Psicóloga clínica com enfoque na terceira idade, Pós- graduação em saúde mental e atenção psicossocial, pós – graduanda em terapia de família e casal, palestrante, Criadora do projeto Maduridade.

20:10 / 21:20 – Mesa Redonda – “Acolhendo a pessoa em crise suicida em momento de emergência” – CVV / Corpo de Bombeiros / Policia Civil / Emergência hospitalar

Sábado 02 de setembro

8:20 / 9h – Palestra – “A importância dos laços familiares como suporte acolhedor na prevenção do suicídio”. Liszt Rangel (CRP – 02/18764) – Psicólogo clínico, Palestrante, Autor.

9h / 9:40 – Palestra – “Gravidez e atualidade: um olhar acolhedor sobre as gestantes em sofrimento psíquico” – Willa Marques (CRP – 02/17764) – Psicóloga Perinatal, Especialista em Psicologia da Maternidade.

9:40 / 10:20 – Palestra – “Comportamentos de risco na infância e adolescência: o papel das redes sociais, causas e medidas acolhedoras” Daiani Muriel Brilhante Fernandes (CRP – 17/3102), Psicóloga Clínica, Neuropsicóloga, coordenadora do Grupo de estudo e pesquisa sobre prevenção ao suicídio da Região do Seridó/RN.

10:20 / 10:50 – Intervalo – Coffe breack

10:50 / 11:30 – Palestra – “Saúde mental e suicídio: o acolhimento necessário” Geovana Santos / PE

11:30 / 12:20 – Palestra – “Informação que acolhe: o desafio da mídia na prevenção do suicídio” – Vinícius Nascimento (0003687/ES) – Jornalista, Pós-graduando em Comunicação Empresarial, assessor de impressa e comunicação na Prefeitura de Viana – ES, Pesquisador internacional de comunicação, mídia e suicídio, autor do artigo científico mídia capixaba apresentado no Congresso de Comunicação da associação Latino Americana de Investigadores

da Comunicação (ALAIC) Cidade do México, Artigo científico aceito para 29º Congresso Mundial da Associação Internacional para Prevenção do suicídio à ser realizado em julho de 2017 na Malásia.

12:20 / 13:30 – Intervalo almoço

13:30 / 14h – Dinâmica – “Respirar é preciso, sofrer não é preciso” – Maria Auxiliadora Leite Falcão (CRM – 6092) – Médica psiquiatra, psicoterapeuta corporal, formação nacional e internacional em Biogenética e formação com supervisores reconhecida pelo IIBA, atende em consultório no Libertas Socializante.

14h / 14:30 – Palestra em vídeo – “Acolhimento do comportamento suicida como fator de proteção para a prevenção do suicídio” Karen Scavacini (CRP – 06/4874/j) – Psicóloga e psicoterapeuta, doutoranda em Psicologia escolar e do desenvolvimento, Mestre em saúde pública na área de promoção de saúde mental e prevenção ao suicídio pelo Karolinska Institut – Suécia, especialista em Gestalt-terapia pelo Instituto Sedes Sapientieae, Facilitadora de grupos de apoio aos sobreviventes do suicídio, có fundadora do Instituto Vita Alere de Prevenção e Posvenção do Suicídio / SP.

14:30 / 15:10 – Palestra – “Acolhimento a profissionais de educação com ideações suicidas” – Neuma Silva de Siqueira (CRP – 02/171703) – Psicóloga Clínica, Psicanalista, Psicopedagoga, Diretora adjunta IPPEP, Atuante na clínica da prevenção e posvenção do suicídio com adolescentes e adultos.

15:10 / 15:50 – Palestra – “Depressão e suicídio: acolhendo o sofrimento humano através do olhar heideggeriano” Fátima Canedo (CRP – 02/6088) – Psicóloga clínica, Mestre em Psicologia Clínica (UNICAP), Psicoterapeuta, Professora, Supervisora de estágios, Coordenadora do Curso de Pós – graduação em Psicologa Clínica (FACHO).

15:50 / 16:20 – Intervalo coffe breack

16:20 / 17h – palestra – “Luto e suicídio: acolhendo o enlutado após a morte” Lúcio Mário Silva (CRP – 06/120628) – Psicólogo Clínico, Psicanalista em formação pela SBPL, Especializando em Sexologia pela FMABC/SP, Coach, Palestrante, Diretor adjunto IPPEP, Atuante na Clínica da prevenção e posvenção do suicídio com adolescentes e adultos.

17h / 17:50 – Palestra – “Acolhendo a criança com ideações suicidas” – Eduardo Lucas Andrade (CRP – 04/42858) – Psicólogo Clínico, Psicanalista membro Fatias de Análise /MG, Diretor Científico e de Publicação do NEP/MT, autor do livro Psicanálise e Educação: Contribuições da Psicanálise à Pedagogia.

DATA E LOCAL

01 e 02 de setembro

FAFIRE

16h Jornada – Oficinas 2hs e 3hs

PÚBLICO ALVO

Cuidadores, Psicanalistas, Psicólogos, psiquiatras, Médicos, Advogados,
Professores, Diretores de Escolas, Psicopedagogos, Orientadores
Educacionais, Estudantes Universitários, Assistentes Sociais,
Jornalistas, Filósofos, Teólogos, Enfermeiros.

OBJETIVOS

Refletir sobre o comportamento suicida na sociedade, em todos os
seguimentos e setores. Implementando uma ampla discussão a partir das
palestras, oficinas e conferências;

Dialogar acerca do fenômeno do suicídio através dos mecanismos
existentes nas reflexões trazidas pelos palestrantes;

Proporcionar um grande debate sobre o comportamento suicida nas cidades
e nos espaços aonde ocorrem as tentativas e o ato consumado.

INVESTIMENTO

 Inscrições online até o dia 15 de julho, posteriormente através do email: inscricoes@nstitutoppep.com.br

 

Até dia 20 de agosto

R$ 150 Profissionais, R$ 120 Estudantes

Oficinas:    : R$ 70 Profissionais, R$ 50 Estudantes (Vagas limitadas)

Após 20 de agosto

R$ 180 Profissionais R$ 150 Estudantes

Oficinas:    : R$ 100 Profissionais R$ 80 Estudantes (Vagas
limitadas)

TRABALHOS

Inscreva-se

 

APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS PÔSTERES

Os pôsteres serão apresentados em sessão aberta e organizados conforme os eixos temáticos. Os autores deverão realizar a submissão das propostas de trabalhos indicando um dos eixos temáticos do evento.

1. REGRAS ESPECÍFICAS PARA SUBMISSÃO DOS TRABALHOS 1.1. Proponentes As propostas poderão ser enviadas por todos os inscritos no evento. 1.2. Prazo de envio Todas as propostas deverão ser submetidas por este site de 01 de junho de 2017 até 31 de julho de 2017. 1.3. Formato das propostas e orientações para envio As propostas devem ser encaminhadas sob a forma de Proposta para Poster. A submissão será através desta plataforma digital. – No ato da inscrição o proponente deverá: Preencher o formulário de inscrição com seus dados pessoais e seguir os passos descritos na aba “Inscrição de Participante” do menu deste site; No formulário de submissão de trabalhos, o proponente deverá especificar o apresentador, o auto principal e os coautores do trabalho; Escolher a modalidade da proposta de trabalho: Poster; Escolher o eixo temático em que a proposta deverá ser submetida; Submeter o resumo de acordo com as normas e o modelo disponível.

1.3.1. Normas de estrutura da proposta: O texto da proposta deverá contar com um espaço entre linhas de 1,5 cm. Com margem esquerda: 2,5 cm e margem direita: 2,5 cm. Título: letras maiúsculas, negrito, centralizado e regular, fonte TIMES NEW ROMAN, tamanho 14. Autores: inserir o(s) nome(s) completo(s) do(s) autor(es), centralizado e regular, fonte TIMES NEW ROMAN, tamanho 12. Afiliação autores: inserir nome completo da instituição de origem, centralizado e itálico, fonte TIMES NEW ROMAN, tamanho 10, seguido dos e-mails dos autores. Resumo: deve conter entre 200 e 300 palavras, fonte TIMES NEW ROMAN, tamanho 12, justificado – não devem ser incluídas no texto figuras, tabelas e referências bibliográficas. Devem obrigatoriamente apresentar os seguintes tópicos: introdução, objetivos, método, resultados e discussão, e conclusões; Palavras chave: De 3 (três) a 5 (cinco) palavras, fonte TIMES NEW ROMAN, itálico, tamanho 12, alinhadas à esquerda. Indicação de apoio de agência(s) de fomento.

–Trabalhos com coautores: A proposta deve ser encaminhada por apenas um dos autores. Mesmo que os coautores não participem do evento seus nomes serão vinculados ao trabalho. Serão aceitos no máximo 5 (cinco) coautores por trabalho.

1.3.2. Divulgação dos trabalhos aprovados: A data prevista para a divulgação do resultado dos trabalhos aprovados é 10 de Agosto de 2017. Os autores serão notificados sobre o resultado da avaliação por email.

1.4. NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DO TRABALHO (MODALIDADE POSTER) Os participantes que tiverem suas propostas aprovadas deverão providenciar o material necessário para a apresentação de seu pôster. Da apresentação do pôster: O pôster deverá ter as seguintes dimensões: 0,90 cm de largura e 120 cm de altura. Cada apresentador de trabalho é responsável pela confecção, afixação, apresentação e retirada do seu pôster. O apresentador do trabalho deverá permanecer junto ao pôster, em horário pré-determinado (divulgados após aprovação dos trabalhos), para responder às questões dos avaliadores e dos interessados.

Deve ser indicado o apresentador do pôster (que deverá ser necessariamente um dos autores) e seu e-mail. Deve ser apresentando título e resumo. Serão aceitos apenas relatos de pesquisa, necessariamente com a apresentação de resultados, ainda que parciais, e revisões de literatura. Apresentação

O pôster deverá ser auto-explicativo, obedecendo à dimensão total de 90 cm de largura x 120 cm de altura, tipo Banner (pôster com dimensões fora do padrão definido terá comprometida a sua avaliação, podendo não ser afixado). Os materiais para a montagem e a fixação dos pôsteres serão de responsabilidade da equipe de organização. O apresentador é responsável pela colocação e retirada do pôster no local da exposição, cujo espaço estará identificado, bem como pelos materiais para fixação do seu trabalho. Na primeira e segunda linhas devem constar, de forma centralizada no painel, em toda sua extensão, o título do trabalho (informativo e breve, escrito em letras maiúsculas e negrito); o(s) nome(s) do(s) autor(es) e apresentador sublinhado, sua(s) respectiva(s) instituição(ões) e o e-mail do primeiro autor ou de um dos autores, entre parênteses. Estrutura sugerida: Introdução, Objetivos, Método, Resultados, Conclusão e Referências utilizadas. Não esqueça de indicar a área temática da apresentação

Localização

LOCALIZAÇÃO

II Jornada Pernambucana